Pode ser desconcertante encontrar uma taxa de cartão de crédito não reconhecida, mas disputando transações questionáveis ​​é simples quando você entende seus direitos.

Não só a lei federal está do seu lado, como os emissores de cartão de crédito geralmente te dão o suporte também. Veja como contestar as cobranças do cartão de crédito quando se trata de fraude, erros de faturamento e até promessas comerciais não cumpridas.

 

 

Como contestar cobranças por fraude no cartão de crédito?

Se você encontrar uma cobrança que você não reconhece, você deve primeiro perguntar a qualquer amigo e família se eles fizeram a cobrança sem o seu conhecimento. Você ficaria surpreso com que frequência isso acontece!

Se eles não o fizeram, é provável que seu número de cartão esteja comprometido. Nesse caso, você deve chamar seu emissor de cartão de crédito imediatamente e disputar as transações fraudulentas. O emissor do seu cartão iniciará uma investigação e congelará ou desativará seu cartão para evitar mais acusações fraudulentas. O emissor enviará um novo cartão com um novo número de cartão e CVV.

Se você suspeitar que também é uma vítima de roubo de identidade, e seus dados pessoais foram comprometidos (como o seu CPF), você deve tomar medidas para congelar seus relatórios de crédito. Isso pode impedir que outros abram novas contas de crédito ou tirem empréstimos em seu nome.

É uma boa ideia verificar seu score de crédito também, para ver se quaisquer contas fraudulentas já foram abertas em seu nome, sem o seu conhecimento.

Depois de notificar seu emissor de cartões sobre quaisquer alterações fraudulentas e ter sido emitido um cartão de substituição, não há muito para fazer além de esperar.

As principais redes de cartão de crédito – VISA, MasterCard, Discover e American Express – dão um passo adiante, oferecendo políticas “Responsabilidade Zero”. Isso significa que, em casos de fraude, você não terá que pagar um centavo.

Como mencionado, o emissor enviará um cartão de substituição com um novo número de conta, e você poderá voltar à sua vida normal. Se você adicionou o cartão para uma carteira digital, como a Apple Pay, alguns emissores atualizarão o cartão imediatamente, antes mesmo de receber seu novo cartão físico no correio.

Aqui estão alguns passos extras que você poderia tomar:

  • Fazer um boletim de ocorrência, pois poderia ajudar outras pessoas a evitar as mesmas dores de cabeça.
  • Se você armazenar seu antigo número de cartão com sites de compras, ou ligou-se a pagamentos automáticos, atualize essas contas com o novo número.

Mesmo se você acha que é cuidadoso com seus cartões, os criminosos estão sempre desenvolvendo maneiras novas e sofisticadas de roubar informações. Mantenha-se atualizado com os mecanismos de segurança para evitar fraudes.

 

 

Como contestar erros de faturamento no cartão de crédito?

Você viu uma cobrança dupla do seu restaurante de sushi favorito em sua fatura ? Ou uma taxa de R$100 que deviam ter sido apenas R$10?

Seu primeiro passo deve ser sempre para entrar em contato com o comerciante que fez a transação. Em nome do atendimento ao cliente, os comerciantes frequentemente resolvem o problema, reembolsando seu cartão para o valor excedente quando há algum erro.

Se o comerciante se recusar a ajudá-lo, você pode começar o processo de disputa com o seu emissor de cartão de crédito. Aqui está o que você tem que fazer:

 

1. Escreva para o seu emissor de cartão de crédito

Legalmente, você tem um prazo depois de receber a conta errada para relatar o erro ao seu emissor – por escrito. Praticamente todos os emissores de cartões permitem enviar reclamações por meio de botões “disputas” em seus sites ou enviando notas por meio de seus portais de mensagens seguras.

Se você acha que pode, eventualmente, precisar passar pelo sistema legal para resolver sua situação, é bom ter um número de protocolo de uma reclamação aberta com a Central de Atendimento para se proteger.

Em sua disputa, inclua o maior número possível de detalhes sobre a taxa: nomes, datas e qualquer prova que a cobrança não é sua.

Não abuse da capacidade de disputar facilmente pequenos encargos. O emissor do cartão eventualmente pegará este truque e pode cancelar sua conta.

 

2. Aguarde a decisão do seu emissor

O emissor do cartão tem um tempo hábil para resolver a questão da cobrança errada. Durante esse tempo, você não deve pagar pela taxa disputada – mas você deve pagar o resto da conta do seu cartão de crédito a tempo.

Tome nota que a carga contestada ainda afetará seu limite de crédito. Se o seu cartão de crédito tiver um limite de R$2.500, por exemplo, e você está disputando uma taxa de R$500, você terá R$2.000 para gastar em seu cartão até que a disputa seja resolvida.

Na maioria dos casos, os emissores de cartão de crédito ficarão do lado do consumidor e removerão a cobrança de sua conta. Se acreditar que a cobrança  é legítima, no entanto, apoiará o comerciante e faz você pagar pela cobrança.

 

 

Como contestar encargos de cartão de crédito causados ​​por má qualidade de bens e serviços?

Imagine que você pagou um serviço de encanamento que nunca apareceu ou comprou uma TV que não funciona. Embora você possa não saber, as empresas de cartão de crédito muitas vezes têm suas costas ao lidar com problemas como este e assim faz a lei federal (e talvez estado).

Se você receber bens danificados, com defeito ou não conforme descrito – ou não recebeu os bens ou serviços prometidos – você pode solicitar uma disputa com seu cartão de crédito

Tal como acontece com erros de faturamento, você deve sempre contestar a cobrança com o comerciante primeiro quando você tiver um problema com a qualidade dos bens ou serviços que recebeu. Muitos comerciantes querem fazer a coisa certa para os clientes e trabalharão com você para encontrar uma resolução. Os comerciantes também preferem evitar estreitas. Os encargos podem significar taxas de processamento de pagamento mais altas para os comerciantes, e podem enfrentar outras penalidades se ficarem demais.

Se o comerciante se recusar a cooperar, é dentro de seus direitos legais para solicitar uma cobrança de seu emissor de cartão de crédito, geralmente quando os seguintes requisitos forem atendidos:

  • A compra deve ter um valor mínimo;
  • Você deve ter feito a compra no seu estado de origem ou dentro de uma certa distância do seu endereço de cobrança atual;
  • Você deve ter feito um “esforço de boa fé” para resolver a disputa com o comerciante.

Para estar no lado seguro, você deve solicitar cobranças no prazo de 60 dias da compra contestada. Entre em contato com seu emissor de cartão de crédito via telefone ou mensagem segura para iniciar o processo.

Alguns cartões de crédito também oferecem proteção de compra, proteção de retorno e outros benefícios. Estes podem fornecer reembolso se as compras elegíveis forem quebradas ou roubadas, ou se o comerciante se recusar a recuperar um item.

 

 

O que fazer quando a disputa de fraude no cartão de crédito for negada?

Os emissores de cartão de crédito geralmente são lados com seus cartões. No entanto, há momentos em que sua disputa de cartão de crédito ou solicitação de carga pode ser negada. Aqui estão algumas razões pelas quais isso pode acontecer:

  • Você esperou muito tempo para entrar em contato com o emissor do seu cartão. É importante notificar seu emissor de cartão de um erro de faturamento ou solicitação de cobrança dentro de 60 dias da data da cobrança.
  • Você não contatou o comerciante. Além dos casos envolvendo fraude, você deve dar ao comerciante a oportunidade de resolver a situação primeiro.
  • Você fez uma compra fora do Brasil. As leis de proteção do consumidor que se aplicam a disputas de cartão de crédito e fraudes não podem ser aplicadas a compras feitas em outros países.
  • Você mentiu. Se você fizer uma história para tentar recuperar seu dinheiro de um comerciante, há uma boa chance de você ser pego. Não só a sua disputa ou solicitação de cobrança for negada, o emissor do cartão também pode fechar sua conta.

 

Ações que você pode tomar se sua reivindicação for negada

Se a sua disputa de cartão de crédito ou solicitação de cobrança for negada, mas você acredita que é devido a um reembolso, essas etapas podem ajudar:

1. Desafie a investigação

Se um emissor de cartão não encontrar a seu favor, deve lhe dar uma explicação por escrito que lhe diz por que. Você pode desafiar os resultados da investigação após o recebimento deste aviso.

2. Envolva o PROCON

Se você acha que seu emissor de cartão está ignorando seus direitos, você pode apresentar uma reclamação com o PROCON.

3. Fale com um advogado

Se o valor for uma quantia significativa e você não acha que uma empresa de cartão de crédito está lidando corretamente de sua situação, você pode considerar falar com um advogado para entrar no tribunal de pequenas causas ou na justiça comum.

 

 

FONTE: https://www.maquininha.com.br/fraude-no-cartao-de-credito-como-cancelar-compra/